Uma Coach de Carreira e o Mundo do Marketing Digital

foto 7 blogue

Quando o dinheiro é vendido Como ÚNICO Objetivo

Sei que sou suspeita para falar, afinal sou do mercado criativo e amo trabalhar com profissionais da Economia Criativa… Além de ainda ser uma semianalfablog. Mas como não aplaudir de pé uma jovem que dá informações de um ponto de vista tão pessoal e realista? Enquanto praticamente todos os “profissionais seríssimos do empreendedorismo digital” baseiam todo seu discurso no dinheiro, no domínio da marca, em ter logo um site, em técnicas e tecnologias, nas vendas ou em palavras-chave pra atrair milhões de consumidores, a blogueira (Vanessa W) de moda faz outro e inovador caminho.

 

Resultados imaginados

Pesquisar a comunicação de empreendedores digitais de grande alcance

Descobrir como validar a credibilidade do blog/site:

  • Como saber se o volume que dizem movimentar é real?
  • Qual o balizador de que estão “em sucesso”? FB? Twitter? Insta?
  • Ou o próprio blog/site e o volume de comentários? Ou a qualidade dos comentários? Ou o numero de parceiros empreendedores envolvidos?

 

Sobre o aparente descaso com a qualidade do que é oferecido pelos parceiros/afiliados do nosso blog/negócio

A Vanessa W, fala de ter calma e começar com blog custo zero até você ver se é isso mesmo que quer, de ter constância e calma para construir a identidade, do trabalho focada no conteúdo e, algo que não vi NENHUM (pelo menos até agora) empreendedor digital comentar, a arte de ESCOLHER suas parcerias. Ela mostra o carinho e respeito por suas seguidoras quando demonstra seu desconforto verdadeiro em ter feito parceria com uma marca que pegou o dinheiro das seguidoras e sumiu. Vejam o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=DatiQh2LRKQ

Fico um pouco chocada por esse tipo de coisa não ser abordado por quem ensina comercio online… Eles focam, no máximo, isso se forem os TOP corretos, na importância de divulgar produtos que estejam alinhados com o publico do site e que possam colaborar. Mas e sobre o cuidado com a credibilidade do que se vai divulgar? Então só importa encher a pagina de bunner e já está? Ahhhhh não… Esse tipo de “mentalidade comercial” definitivamente não me interessa.

Talvez esse seja um ponto a ser trazido da Economia Criativa para o empreendedorismo digital: NADA É MAIS VALIOSO DO QUE O NOME QUE VOCE INVESTIU EM CRIAR E QUE SEUS SEGUIDORES TE AJUDARAM A DIFUNDIR! Não dá pra você pensar apenas em encher seu mailing de contatos, seu FB de amigos ou seu twitter/Instagram de seguidores, para depois inunda-los da divulgação de produtos e serviços, só porque te pagaram pra isso. Onde se acha que é possível chegar sem credibilidade exemplar? Sem a certeza de que o oferecido será realizado?

Todas essas pesquisas em vários seguimentos estão sendo muito importantes pra eu perceber e elaborar questões… Ajudam-me a definir o tipo de profissional que quero ser nesse novo canal de realização do meu trabalho de Coaching de Carreira.

 

Entendendo meu cenário digital

Agora que começo a enxergar melhor na escuridão desse novo universo de blogs, sites e tal… Já consigo começar a entender alguns balizadores de bons resultados e seus motivos. Lógico que anda caminho de meio capenga e posso ainda não ter clareza sobre o que aparece na minha frente, mas sigo, caminhado e contemplando.

Sobre coaching de carreira, vi que as primeiras páginas de pesquisa sempre são de empresas. Mas isso não é o que me interessa, já que desde sempre na minha vida sempre me interesse pelo individuo. Lançando um olhar mais treinado consegui identificar a Coach Waleska Farias, em posição de destaque no Google e cheguei ao FB dela https://pt-br.facebook.com/waleska.farias . Achei muito legal o fato de ela ter se mantido “pessoa física” sem que isso alterasse o jeito como o cenário a percebe. Mesmo tendo seu foco de clientes nas empresas, achei a comunicação dela bem pessoal. Para mim foi animador, já que nem me passa pela cabeça criar diálogos “de pessoa física para pessoa física”.

O resto me pareceu mezzo desanimador, quando penso em meus objetivos de carreira… Muuuuitas empresas formatadas e metidas a seríssimas (acho uma loucura em pleno 2014 as empresas ainda investirem em “imprimir caretice” como única evidencia de credibilidade e resultados, mas…).

Não acho que esse seja “A Caretice” o objetivo primordial do Coaching, uma profissão novíssima e criada para atender e solucionar as necessidades ATUAIS de profissionais atuantes e orientados a excelência. Sempre lembrando que a história do  Executive Coaching  começou a ser escrita por um treinador de tênis com um olhar altamente espiritual e profundo, alguém realmente interessado no desenvolvimento e melhoria do ser humano. Qualquer um que veja alguma entrevista de Timothy Gallwey (veja o vídeo) https://www.youtube.com/watch?v=IccDJhk0fPQ , percebe um ser humano com olhar atento sobre a vida e sobre as pessoas, sem prepotência de querer imprimir ser O Guru a quem todos os executivos do mundo deveriam beijar as mãos, né?  E olha que todos deveriam realmente fazer isso…

 

Resultados finais:

  • Comecei a passear pelo meu cenário de atuação, mas agora com as peculiaridades do universo online.
  • Começo a perceber o preço que se cobra para ser o tal “Sucesso” digital que todos vendem (UI!)
  • A triste e aparente realidade é que a cena do Coaching ainda é absolutamente incipiente no Brasil.
  • A procura do consumidor por trabalhos de Coaching puro é pequena. Identifiquei que a maioria das empresas acrescentam muitas “cerejas” no processo de coaching que oferecem para poder atrair nas buscas do Google.
  • Ao que parece, a maioria da procura por Coaching é mais para formação que para atendimento.

 

Beijos cada vez mais “intrigados com o que descobre na blogosfera” para que passar por aqui!

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s